Fotografias - Viagem

Língua nacional da Irlanda


Cidade de Dublim
Cidade de Dublim Imagem E. Buchot

O inglês e o gaélico, a língua nacional, são as duas línguas oficiais do país. Cerca de 25% dos Irlandeses praticam o gaélico, que os governos sucessivos, desde a independência, procuraram promover. As escolas do país ensinam as duas línguas.

Religiões na Irlanda


A liberdade de culto é garantida pela Constituição. O catolicismo é a religião de 88,4% dos habitantes (recenseamento de 2002). Protestants, pertencendo principalmente à Igreja da Irlanda, anglicane, à Igreja méthodiste e a Igreja presbytérienne, é representado mais à Dublim que no resto do país.

A autoridade suprema da Igreja católica é exercida pelo bispo Armagh (Irlanda do Norte), primaz da Irlanda, o bispo de Dublim único primaz do Eire (república da Irlanda). O catolicismo jogou um papel essencial na definição de uma identidade irlandesa, em oposição Inglaterra à protestante. Sob a dominação britânica, a reivindicação da pertença religiosa e o livre exercício do culto católico - os serviços públicos foram proibidos até ao fim do XIXe século - era inseparável da luta para os direitos cívicos e para a independência.

O peso da tradição e a influência da Igreja católica - nomeadamente no domínio do ensino - contribuíram para fazer da Irlanda um país conservador, ao desvio dos movimentos de sociedade europeus. Está apenas 1972 qu' foi revogada uma disposição constitucional que atribui “um estatuto especial” à Igreja católica na sociedade. As mentalidades evoluem contudo, tanto quanto vários escândalos, desde o início dos anos 1990, enfraqueceram a autoridade moral da Igrej

Levando Mary Robinson à cabeça do Estado, os Irlandeses escolheram uma mulher, casada protestant, militantes do direito ao divórcio e o planeamento familiar. Contudo, esta evolução reside lento; assim o acesso à contracepção é sempre difícil. Em 1992, convidados á pronunciar-se por referendo, os Irlandeses rejeitaram a legalização do aborto. Em contrapartida, em novembro de 1995, aceitaram - à uma fraca maioria - liberalizar a legislação sobre o divórcio.

Educação irlandesa


O ensino é obrigatório e gratuito para todas as crianças idosas de 6 à 15 anos. A maior parte dos estabelecimentos escolares, subvencionados pelo Estado, são confessional, controlados pela Igreja católica romana ou pela Igreja da Irlanda. O ensino secundário compreende dois tipos de ciclos: um ciclo de ensino geral que efetua à universidade e um ciclo técnico que propõe uma formação técnica e geral. O acesso ao ensino superior desenvolveu-se rapidamente durante os anos 1990-200. Se um terço dos jovens Irlandeses prosseguisse estudos superiores ao início dos anos 1990, estavam mais da metade neste caso ao início dos anos 2000.

A primeira universidade irlandesa, o Trinity Colégio, foi fundada em 1592 e residida muito tempo um bastião da cultura protestante. Outra a grande universidade é o Cidadão University fora Ireland, fundado em 1908, à Dublim. © Irlanda © Origem Emmanuel BUCHOT e Infopedia.

Fotos de países europeus

Imagens Republica Checa

Republica Checa

Fotos Informações

Imagens Croacia

Fotos de Croacia

Fotos Informações

Alemanha

Alemanha

Fotos Informações

Portugal

Portugal

Fotos Informações

Imagens Grecia

Imagens de Grecia

Fotos Informações

Imagens de Inglaterra

Inglaterra

Fotos Informações

imagens  Holanda

imagens Holanda

Fotos Informações

Eslovenia

Eslovenia

Fotos Informações

Imagens Dinamarca

Dinamarca

Fotos Informações

Imagens da Ásia

Imagens India

Imagens India

Fotos Informações

Imagens Vietnam

Imagens Vietnam

Fotos Informações

Imagens China

Fotos China

Fotos Informações

Imagens de Hong Kong

Fotos Hong Kong

Fotos Informações

Coreia do Sul

Coreia do Sul

Fotos Informações

Japao

Fotos Japao

Fotos Informações

Tailândia

Imagens Tailândia

Fotos Informações

Taiwán

Fotos Taiwán

Fotos Informações

Fotos da América

Estados Unidos

Imagens Estados Unidos

Fotos Informações

Canada

Fotos de Canada

Fotos Informações

Informações no site