Fotografias - Viagem

As primeiras viagens marítimas


A volta de Belém
A volta de Belém. Imagem E. Buchot

Nos cerca de 200 anos que durou a dinastia de Avis, Portugal passaria de pequeno reino de economia senhorial a metrópole de um vasto império ultramarino. A expansão marítima e comercial portuguesa inseriu-se num movimento global de expansão ibérica e europeia pelo qual progressivamente se alargou à escala planetária o âmbito do comércio e da colonização europeus. A conquista de Ceuta, em 1415, foi o primeiro sinal dos novos rumos da monarquia. As expedições de conquista de praças marroquinas, continuadas no reinado de D. Duarte (1433-1438) e de D. Afonso V (1438-1481), seriam uma via persistente da expansão portuguesa até à viragem representada pelo reinado de D. João II (1481-1495). D. Manuel I (1495-1521) prosseguiria a política de conquista militar em Marrocos, em complementaridade com as viagens de navegação.

As primeiras viagens marítimas foram dirigidas pelo infante D. Henrique, um dos filhos de D. João I. A descoberta e o início da colonização das ilhas atlânticas da Madeira (1419-1425) e dos Açores (1427-1452) são contemporâneas das expedições de reconhecimento da costa ocidental africana. Em 1434, Gil Eanes dobrou o cabo Bojador, abrindo o caminho para sul. Até 1460, as navegações, agora com intuitos claramente comerciais, chegaram à Serra Leoa, passando pelo rio do Ouro, pelas costas do Senegal, da Guiné e pelo arquipélago de Cabo Verde.

A descoberta da Mina, onde os portugueses construiriam, em 1482, uma feitoria fortificada, permitiu o acesso ao precioso ouro que começou a afluir a Lisboa em grandes quantidades. No tempo de D. João II e de D. Manuel I, as viagens de descobrimento e as ligações comerciais atingiram o seu apogeu e uma escala transoceânica.

Bartolomeu Dias


Bartolomeu Dias contornou o cabo da Boa Esperança (1487-88) e confirmou a existência de uma via marítima para atingir o sonhado comércio das especiarias, caminho que viria a ser inaugurado por Vasco da Gama em 1498. Depois da descoberta da América por Colombo, D. João II e os Reis Católicos procederam à partilha, entre os dois reinos ibéricos, do mundo descoberto e por descobrir. Pelo tratado de Tordesilhas (1494), o hemisfério sob domínio português abrangia o território do Brasil (Terra de Vera Cruz), que, em 1500, era oficialmente descoberto por Pedro Álvares Cabral. © Portugal. © Origem Emmanuel BUCHOT e Infopedia.

Fotos de países europeus

Imagens Republica Checa

Republica Checa

Fotos Informações

Imagens Croacia

Fotos de Croacia

Fotos Informações

Alemanha

Alemanha

Fotos Informações

Portugal

Portugal

Fotos Informações

Imagens Grecia

Imagens de Grecia

Fotos Informações

Imagens de Inglaterra

Inglaterra

Fotos Informações

imagens  Holanda

imagens Holanda

Fotos Informações

Eslovenia

Eslovenia

Fotos Informações

Imagens Dinamarca

Dinamarca

Fotos Informações

Imagens da Ásia

Imagens India

Imagens India

Fotos Informações

Imagens Vietnam

Imagens Vietnam

Fotos Informações

Imagens China

Fotos China

Fotos Informações

Imagens de Hong Kong

Fotos Hong Kong

Fotos Informações

Coreia do Sul

Coreia do Sul

Fotos Informações

Japao

Fotos Japao

Fotos Informações

Tailândia

Imagens Tailândia

Fotos Informações

Taiwán

Fotos Taiwán

Fotos Informações

Fotos da América

Estados Unidos

Imagens Estados Unidos

Fotos Informações

Canada

Fotos de Canada

Fotos Informações

Informações no site