Fotografias - Viagem

Relevo Tibete


Paisagem do Tibete
Paisagem do Tibete

O situado no Oeste chinês, Tibete é limitado ao norte pela região autónoma do Xinjiang e pela província do Qinghai, o ao leste pela província Sichuan, o sudeste pela província do Yunnan e pela Birmânia, o Sul pela Índia, o Butão e o Nepal, e o oeste pela Índia. O Tibete cobre uma superfície total de 1 222 000 km2.

Devido à uma altitude média de 4 900 m, o Tibete frequentemente é qualificado “de teto do mundo”. O território tibetano estende-se com efeito pelos sistemas montanhosos compostos Himalaya ao Sul, o Karakorum ao oeste e os montes Kunlun ao norte, que contam mais elevadas as cimeiras do planeta.

Três grandes regiões naturais formam o Tibete. O elevado Tibete ou Changthang cobre os dois terços da região, desde os montes Kunlun até ao Transhimalaya. Forma imensa uma bandeja desértica (bandeja do Tibete, 800 000 km2), de elevada altitude, superada de cadeias montanhosas separadas por vales situados mais de 4 500 m de altitude. O Tibete oriental (Chamdo) é constituído por uma sucessão de vales paralelos, orientados norte-sul, em qual escoam-se alguns mais dos grandes rios da Ásia como Mékong ou o Yang-tseu-kiang.

Estes vales são dominados por elevadas bandejas, culminando às vezes à 5 000 m de altitude, e por cadeias cristalinas (Ningjing shan, Taniantaweng shan) que excedem 6 000 m de altitude. O Tibete meridional, por último, ocupa o vale Brahmapoutre e corresponde ao Tibete útil. O vale estende-se por cerca de 1 000 Km está oeste, à 3 500 m de altitude em média. Dominada pelo arco himalayen que culmina ao monte Everest (8 850 m), é drenada elevado Brahmapoutre (conhecido ao Tibete sob o nome de Yarlung Zangbo).

Rios


O Tibete constitui principal o tanque hydrographique dos grandes rios do continente Sul-asiático. Brahmapoutre, cujo curso superior é situado inteiramente ao Tibete, é rio mais importante do país.

Indus, Gange e o Sutlej tomam a sua fonte no oeste do Tibete, o Salouen (Nu jiang) o centro, Mékong, o Yang-tseu-kiang e o Huang ele (ou rio Amarelo) ao leste. A bandeja do Tibete é espalhada de numerosos lagos isolados às águas salobras, como o Ngangla Ringco ou ainda Nam Tso (Tengri Nor), mais o grande lago do Tibete (2 000 km2). São alimentados por um escoamento endoréique. © Tibete © Origem Emmanuel BUCHOT e Infopedia.

Fotos de países europeus

Imagens Republica Checa

Republica Checa

Fotos Informações

Imagens Croacia

Fotos de Croacia

Fotos Informações

Alemanha

Alemanha

Fotos Informações

Portugal

Portugal

Fotos Informações

Imagens Grecia

Imagens de Grecia

Fotos Informações

Imagens de Inglaterra

Inglaterra

Fotos Informações

imagens  Holanda

imagens Holanda

Fotos Informações

Eslovenia

Eslovenia

Fotos Informações

Imagens Dinamarca

Dinamarca

Fotos Informações

Imagens da Ásia

Imagens India

Imagens India

Fotos Informações

Imagens Vietnam

Imagens Vietnam

Fotos Informações

Imagens China

Fotos China

Fotos Informações

Imagens de Hong Kong

Fotos Hong Kong

Fotos Informações

Coreia do Sul

Coreia do Sul

Fotos Informações

Japao

Fotos Japao

Fotos Informações

Tailândia

Imagens Tailândia

Fotos Informações

Taiwán

Fotos Taiwán

Fotos Informações

Fotos da América

Estados Unidos

Imagens Estados Unidos

Fotos Informações

Canada

Fotos de Canada

Fotos Informações

Informações no site